10 de set de 2010

Colorido



A trajetória do Weezer pode ser representada graficamente por uma curva descendente, que se inicia no ponto mais alto que sua mente suja possa imaginar -- com o "Blue Album" (1994) e "Pinkerton" (1996) -- e que termina nas solas dos pés de Jöleno, no último e mais profundo círculo do inferno -- com "Raditude" (2009) e o recém lançado "Hurley" (2010). E na tentativa de disfarçar o fiasco desse último álbum, os viadinhos ainda tentam nos enganar, estampando esse gordo ridículo e escroto na capa: trunfo frustado para desviar as atenções do péssimo conteúdo desse disco. Pela tradição, os caras até mereceriam duas mãozinhas, mas a referência ao "Lost" -- essa bosta desse seriado -- tira, ainda mais, qualquer possibilidade de crédito que se possa dar atualmente à banda. Weezer, vocês estão meio velhos para o rock colorido, não? A propósito, homens formados são satanistas e assistem séries de serial killer, como "Dexter", ou recheadas de putaria, como "Californication".


4 comentários:

PeXtaNinha_ disse...

CALA BOCA MEU ALUNO, VOCÊ ESTÁ DEFECANDO PELA BOCA!

menino de rua disse...

Se voCê cuRRRte lOsT e AInDa AchOU eSSe disCo ma$$a, eU rEALMenTe tiRO meU chApÉu prA tI, mEU AMIgUinhO. nOssA aMIzAdE tERminA aqUi. =~~

Anônimo disse...

Weeeezer...wiiizis seii nao, ja deu........A propósito, homens formados são satanistas e assistem séries de serial killer, como "Dexter", ou recheadas de putaria, como "Californication".

frrrrom Curritiba, tem bastante r's ?

abcs anonimos skrotinhos

menino de rua disse...

www.baixaqui.com/tradutor_zé_dus_dubs13