18 de jan de 2011

T.RECS entrevista: O Grande Guardião Universal.

Foi preciso apenas duas edições do "T.RECS entrevista" para a seção ultrapassar as fronteiras da província de Maringá e alcançar o longínquo Norte do país. O mini-entrevistado da vez é Milton Mirote, que mora no Grão-Pará e -- depois de virar webhit com esse vídeo -- ficou conhecido em todo o Brasil como "O Grande Guardião Universal" (OGGU). Após alguns dias de negociação, o cara respondeu nossas mini-perguntas e falou um pouco sobre trevas, satanismo e viagem no tempo. Embora haja especulações acerca de sua ligação com "uma seita chamada satânica" e rumores de que ele "bate na mulher, bate nas filhas", durante nossos contatos o "Guardião" revelou que por trás dessa carinha de psicopata existe uma pessoa comum, cheia de angústias e que vive emputecido com a qualidade da internet em sua região, pois seu msn insiste em não conectar. Apesar de a entrevista ter sido meio curta -- pra não züar tudo a formatação do blog --, Mirote prometeu que, no futuro, responderá mais mini-perguntas sobre sua filosofia, nomeada como "Guardianismo": por enquanto, a grande revelação é a de que o mundo não acabará em 2012.


NOME: Milton Mirote ou "O Grande Guardião Universal" (OGGU).

IDADE: 26.

TRAMPO: Escritor, Blogueiro e Vlogueiro Amador; Celebridade Trash da Internet e "Pseudo-Trabalhista" (ele trabalha com a mãe).

MEMBRO DO BROOKLYN DESDE: 2011.

BANDA PREFERIDA: Rammstein.

O CARA: Jeff Martin (ex-vocalista da banda "The Tea Party" e atual da "The Armada")

SKILLS (0 - 100): Força, 89 >> Agilidade, 93 (+) >> Style, 90 (+) >> Rock, 90 (+) >> Fígado, não tem >> Perfil no Fêice, 44 (-).

HABILIDADES ESPECIAIS: Artes Marciais e Viagem no Tempo.

_______________________________________________

T.RECS: Fala aí, Milton. Beleza, migo? Aliás, como devo te chamar? “Milton”, “Guardião Universal”, “OGGU” (O Grande Guardião Universal)?

OGGU: Milton Mirote.

T.R: Hmmm. Sério? Mas eu prefiro falar "OGGU", pode ser?

OGGU: Pode.

T.R: Man, há algum tempo você virou webhit com aquele vídeo em que você “só foi pegar uns DVDs” e acabou dando entrevista pra TV local aí do Pará; isso sem contar a porrada cabulosa que levou na cabeça. A fama e essa pancada mudaram alguma coisa na sua life?

OGGU: Sim cara. Fisicamente nada. Não tive seqüela nem traumatismo, mas socialmente cara, as vezes é meio barra. Socialmente e virtualmente por enquanto se for medir na balança, ta mais negativo q positivo, poca coisa mais ta, isso até onde eu sei. Tá pior virtualmente.

T.R: =/ Mas pelo menos a partir do vídeo, muita gente conheceu as “Quatro regras d Ouro da Libertação” e o “deísmo” – que ficou mais conhecido como “deusduísmo”. Depois você começou a falar numas paradas de “guardianismo”. Que bagunça é essa, rapaz? Você poderia definir, resumidamente, cada um desses termos?

OGGU: Deísmo é a Filosofia d vida criada por árabes q influenciaram a Europa, Q resumidamente implica no seu adéptocrer em Deus mas não ter religião e nem querer ter, por causa dos dogmas das religiões nem sempre aceitos por seus adeptos, q procuram ver d uma forma mais cientifica Deus. Deusduísmo, corrigindo, deusismo é a palavra pronunciada por repórter com ouvidos sujos. Guardianismo é a Filosofia d vida criada por mim q tem como base as 4 regras d ouro da libertação e o despertar da consciência.

T.R: Nos seus livros parece que você fecha com um cara chamado Tylor Tompson, que veio do futuro. Isso é real? O que ele veio fazer aqui? E, se ele veio de um futuro distante, isso significa que o mundo não vai acabar em 2012, certo?

OGGU: O Tylor Tompson é o seguinte, ter certeza mesmo q ele veio do futuro é meio complicado, me posiciono como um cético otimista nessa questão, pois acho possível sua história. Segundo ele. Sua missão aqui é recuperar dados e programas perdidos em seu tempo em dimensão q só tem nesse tempo e dimensão por enquanto e ajudar nós a desenvolvermos em outros aspectos. E sim. O mundo não vai acabar em 2012. Olha q ainda tem uns babacas q insistem q ele é um fake meu, coisa qualquer um perceberia se investigasse mais assiduamente.

T.R: E qual é sua relação com Satanás? Já foi o cara de perto? Ele é realmente gente fina?

OGGU: Só puro sarcasmo. Nunca vi, mas já vi coisas bizarras do tipo. Se ele é gente fina. O satanás q eu conheço é só um termo hebraico do judaísmo pra designar má inclinação, mal pensamento, lado negro da força, presente em todo homem, não um ser o entidade q a maioria dos cristãos imaginam ser.

T.R: Sinceramente, eu não sabia de suas habilidades relacionadas à música. Seu som pode ser considerado satanista? Não existem projetos futuros envolvendo o "RD Colostomia"?

OGUU: Eu considero pessoalmente meu som como um psy-elétrodark-industrial-core. Satanista ainda não, porque não coloquei o vocal nele, coisa q ainda pretendo fazer. E quando fizer e vou fazer, vai ser pra tirar sarro d religiões e tirar onda inclusive com a cara do satanismo. Mas obviamente os otários d plantão vão chama-lo d satanista, devido ao teor das letras q você podem encontrar no meu blog menos conhecido: www.sacaneandosagrado.blogspot.com q eu até hoje não criei vergonha d mexer melhor no seu design e divulgar ele e q você também pode encontrar no meu blos jovem sonhador, no post q falo meus versos das trevas.

T.R: Poutz, OGGU, não precisa falar assim do satanismo, né? =/ Depois dessa, teremos que encerrar. Há alguma mensagem que você queira passar pros seus seguidores, ou pras pessoas que querem te conhecer um pouco melhor?

OGGU: Leiam meus blogs e caso um dia puderem me conhecer pessoalmente, conversem comigo numa boa, o vai pelo MSN mesmo, se você o conseguir. E saibam q meus seguidores e adimiradores verdadeiros, eu os considero mais q isso. São além d tudo meus amigos e irmãos.

T.R: Todos choram...

17 de jan de 2011

Deusduísmo.


Se você, migo, passa parte de seu precioso tempo na nétchy, com certeza já conhece Milton "KBça d Ferro", ou "O Grande Guardião Universal" (OGGU), que há alguns anos virou webhit com esse vídeo. Mas o que, provavelmente, a maioria das pessoas não sabe é que o criador da filosofia "guardianista" -- que soma mais adeptos a cada dia -- já escreveu três livros, além de ter gravado dois álbuns virtuais sob a alcunha de "RD Colostomia" -- ou "Renascido da Colostomia". Dentre seus escritos, minha obra preferida é "OGGU", na qual, sob o aporte da estética pós-moderna, após explicar suas "Quatro regras d ouro da Libertação", o autor discorre sobre temas bastante caros à humanidadezinha, como religião, pedagogia, legalização das drogas e sistemas de governo. Já os sons do cara, foram gravados no período em que o "Guardião" se recuperava de uma colostomia, que, em suas próprias palavras, "[...] é uma cirurgia q se usa na barriga quando não se pode mais cagar pelo cu": na real, o "RD Colostomia" se alimenta de sons industriais, com influências de "Fantomas" e "Nine Inch Nails", para dar uma verdadeira bica no mainstream. Só é uma pena que Milton não saiba "zipar" os arquivos e, por isso, os álbuns tenham que ser baixados "música por música" em seu blog. Mas, apesar do trampo, terás a recompensa; pois ler "OGGU" ao som do "RDC", certamente, será a experiência mais satanista de sua vida.